Vale forma JV na China para projeto na China



O Conselho de Administração da Vale aprovou o estabelecimento, por meio de sua subsidiária Vale International S.A, de uma joint venture com a Ningbo Zhoushan Port Company Limited, uma subsidiária do Zhejiang Provincial Seaport Investment & Operation Group Co. Ltd. A joint venture tem como objetivo construir, possuir e operar o Projeto West III, no Porto de Shulanghu, na cidade de Zhoushan, na província de Zhejiang, China. 

O Projeto West III consiste na expansão das instalações do Porto de Shulanghu, desenvolvendo um pátio de estocagem e berços de carregamento com capacidade adicional de 20 milhões de toneladas por ano. A vale irá garantir uma capacidade portuária total de 40 milhões de toneladas anuais em Shulanghu, o que ajudará a mineradora a otimizar custos em sua cadeia de valor. 

O projeto receberá investimentos com valor plurianual de US$ 624 milhões e inclui a aquisição de direitos de propriedade e o desenvolvimento da capacidade portuária de 20 Mtpa, incluindo a construção de um novo pátio de estocagem e dois berços de carregamento, sujeitos a aprovações regulatórias. A Vale terá participação de 50% na joint venture, assim como a outra parte, e as empresas de Brasil e China pretendem obter empréstimos de terceiros de até 65%, mas não menos que 50% do investimento total. 

Com isso, a contribuição de capital da Vale para o projeto variará entre US$ 109 milhões e US$ 156 milhões, aproximadamente. A construção do projeto, que deve durar até três anos e terá início após ambas as partes obterem as aprovações antitruste e outras aprovações regulatórias na China.  O projeto garantirá capacidade portuária estratégica para a Vale na China, uma vez que o porto de Shulanghu permite a atracação de navios Valemax e a otimização dos custos de transporte e distribuição da Vale.

Em 2015, a Vale lançou o Brazilian Blend Fines (BRBF), produto resultante da mistura de finos de minério de ferro de Carajás, no Sistema Norte, com finos de minério de ferro dos Sistemas Sul e Sudeste, que se complementam em termos de características físicas, químicas e metalúrgicas. O BRBF é produzido no Terminal Marítimo de Teluk Rubiah na Malásia e em dezessete portos na China, incluindo o Porto de Shulanghu. O processo reduz o tempo necessário para atendimento dos mercados asiáticos e aumenta a capilaridade da companhia de distribuição, ao permitir o uso de embarcações menores. 

A estratégia de blendagem também permite planos de mineração mais eficientes e aumenta o uso de métodos de processamento a seco, que por sua vez reduzem investimentos, estendem a vida útil de nossas minas e reduzem o uso de água nas operações: uma flexibilidade fundamental para lidar com os desafios de curto prazo.

A Ningbo Zhoushan Port Company Limited é a operadora dos terminais públicos do Porto de Ningbo Zhoushan, que ocupou o primeiro lugar por 11 anos consecutivos em termos de movimentação total de carga no mundo. A empresa chinesa está envolvida no carregamento e descarregamento de contêineres, minério de ferro, petróleo, carvão, gás liquefeito, grãos, entre outras cargas. Possui dois berços capazes de receber navios de 400.000 DWT. A parceria entre a Vale e a Ningbo Zhoushan Port Company Limited tem sido continuamente fortalecida nos últimos anos e expandida para muitos projetos estratégicos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Student Chapter / Society of Economic Geologists / USP