Giga Metals tem como objetivo desenvolver a primeira mina neutra em carbono do mundo


Vista aérea do local do projeto Turnagain. Imagem da Giga Metals.


A Giga Metals anunciou que, junto com Greg Dipple, da University of British Columbia, a empresa está trabalhando para desenvolver a primeira mina neutra em carbono do mundo.

A mina em questão é o projeto Turnagain na Colúmbia Britânica, oeste do Canadá, é considerado um dos maiores depósitos de sulfeto de níquel não desenvolvido do planeta em termos de níquel total contido.

Para atingir tal objetivo, Giga Metals e Dipple lançaram um programa de pesquisa de sequestro de CO2 cuja próxima fase envolve um teste em grande escala para avaliar a carbonatação atmosférica de silicatos no material de Turnagain. Este processo incluirá uma avaliação dos efeitos geomecânicos da carbonatação neste material.

“Na sequência do apelo específico de Elon Musk aos produtores de níquel para buscar níquel ecologicamente correto em alto volume feito durante a última chamada de lucros da Tesla, estamos buscando ativamente o desenvolvimento deste grande depósito de sulfeto para atender às necessidades futuras dos fabricantes de EV”, Martin Vydra, o presidente da empresa, disse em um comunicado à mídia.

De acordo com Vydra, se a metodologia que está sendo empregada na Turnagain for aceita como uma medida válida de absorção de carbono em resíduos de minas de silicato, créditos de carbono podem ser obtidos. Em termos básicos, funciona convertendo silicatos em carbonatos, o que significa que o CO2 fica guardado em escalas de tempo geológico.

Segundo o executivo, além do sequestro de CO2, a cimentação ocorre quando os silicatos se convertem em minerais carbonáticos. Espera-se que esta cimentação estabilize e fortaleça as instalações de retenção de resíduos, diminuindo assim o risco de contenção.

“Os próximos estudos do efeito geomecânico da carbonatação nas litologias Turnagain podem afetar o sequenciamento da mina e as práticas de gestão de rejeitos”, disse ele. “Esta pesquisa empolgante agora em andamento pode ajudar com nosso objetivo, fornecendo uma maneira de medir a absorção de carbono em nossos resíduos.”

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Student Chapter / Society of Economic Geologists / USP