Mineração no México será reiniciada na próxima semana


A mina de Peñasquito é o maior produtor de ouro do México. (Imagem da Hexagon Mining.)

A DECISÃO DO MAIOR PRODUTOR DE PRATA DO MUNDO SEGUE UM RELATÓRIO MOSTRANDO QUE 555.247 EMPREGOS FORAM PERDIDOS EM ABRIL


A mineração no México, o maior país produtor de prata do mundo, deve ser totalmente retomada na próxima semana, conforme as autoridades implementarem um retorno nacional gradual a um "novo normal", que permitirá a reabertura de mais de 200 cidades livres de coronavírus em 18 de maio.

O resto do país, que está fechado por mais de sete semanas, retomará as atividades em 1º de junho, anunciou o governo na quarta-feira.

O México declarou a mineração uma atividade não essencial, ordenando a suspensão temporária de todas as operações. Recentemente, cedeu à pressão do setor e agora considera a mineração uma atividade vital.


Mineiros e exploradores provavelmente aplicarão abordagens diferentes para a retomada das atividades.


Mineiros de prata se preparam


O México é responsável por quase 23% da produção mundial de prata, produzindo mais de 200 milhões de onças no ano passado, ante 196,6 milhões de onças em 2018.

Também possui importantes minas de cobre e zinco, operadas pelo Grupo México e Southern Copper, e produz uma quantidade significativa de ouro, tornando o setor de mineração responsável por cerca de 4% do produto interno bruto do país.

A estratégia de reabertura em fases do país segue em um relatório do instituto de previdência social do país, que mostrou que 555.247 empregos foram perdidos apenas em abril. A queda é o maior declínio mensal da história do México.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Student Chapter / Society of Economic Geologists / USP