Hudson conclui exploração no projeto de nióbio da Groenlândia


Amostragem na ocorrência de nióbio Sarfartoq. (Imagem da Hudson Resources).

A Hudson Resources anunciou que concluiu seu programa de exploração inicial no projeto Sarfartoq de nióbio e tântalo na Groenlândia e espera os resultados iniciais da amostragem nas próximas semanas.

Em um comunicado à imprensa, a mineradora canadense disse que 35 amostras foram coletadas de afloramentos ao longo de 112 metros de mineralização de pirocloro exposto, que hospeda o recurso de nióbio.

Um laboratório em Ontário conduzirá uma análise para as amostras para Nb, Ta, Zr, elementos terras raras e análise de rocha inteira.

“Estou muito satisfeito por ter reiniciado o trabalho neste alvo tão emocionante. Historicamente, ele forneceu alguns dos ensaios de nióbio de mais alto grau da indústria e planejamos construir sobre essa base”, disse Jim Cambon, presidente da Hudson Resources, no comunicado à mídia.

“Pretendemos realizar testes metalúrgicos nos próximos meses e esperamos realizar sondagens no primeiro semestre de 2021.”

Cambon destacou o fato de que o nióbio e o tântalo são vitais para uma ampla gama de produtos nos setores de energia, infraestrutura, transporte, medicina e defesa, e que tanto a União Europeia quanto os Estados Unidos designaram os elementos de transição como essenciais para sua segurança e bem estar.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Student Chapter / Society of Economic Geologists / USP