Exportações de minério de ferro do Brasil atingem maior nível desde 2015


Terminal de minério de ferro da Vale em Ponta da Madeira. (Imagem cortesia da Vale SA.)

As exportações brasileiras de minério de ferro aumentaram 18,5% em setembro em relação ao mesmo período do ano passado, para 37,86 milhões de toneladas, depois que a Vale aumentou o ritmo de produção.

O volume embarcado no mês passado (setembro) é o maior desde dezembro de 2015, quando o Brasil exportou recorde mensal de 39,5 milhões de toneladas, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Na comparação com agosto, houve aumento de 21% nos embarques brasileiros de minério de ferro em setembro.

A Vale retomou as operações em sua planta de Viga na quinta-feira, depois que um juiz retirou uma ordem que suspendeu as operações lá, disse a mineradora em um depósito de valores mobiliários.

As operações na planta de concentração de minério de ferro foram suspensas por seis dias, disse a empresa, ao retificar supostas questões relativas à sua licença de operação.

De acordo com a mineradora, a paralisação resultou em 11 mil toneladas por dia de produção de finos de minério de ferro fora do mercado.

As exportações de minério de ferro do Brasil - que representam 59% da produção mineral do país - totalizaram US $ 5 bilhões no 2º trimestre, 6% acima do 1º trimestre de 2020, mas 5% menor do que no 2º trimestre de 2019. O país exportou 76 milhões de toneladas, 8% acima do total registrado no primeiro trimestre de 2020, mas 3% inferior ao segundo trimestre de 2019.

O grupo industrial IBRAM projeta que o país exportará 310 milhões de toneladas em 2020, valor inferior aos 340 milhões exportados em 2019.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Student Chapter / Society of Economic Geologists / USP