Tecnologia de refino de zircônio, titânio e terras raras financiada pela Coréia


Zircônio.


AS CONCESSÕES FORAM CEDIDAS COMO PARTE DO PROGRAMA TECNOLÓGICO INDUSTRIAL DE U$ 5 BILHÕES DO GOVERNO COREANO, QUE PROCURA ESTABELECER A INDEPENDÊNCIA LIMPA DO FORNECIMENTO DE METAL


A Australian Strategic Materials (ASM) anunciou que seu parceiro coreano, Zirconium Technology Corporation, recebeu US $ 4,5 milhões em doações do governo coreano para serem usadas no desenvolvimento do empreendimento conjunto das empresas.

O financiamento deve ser direcionado ao projeto da ASM e da ZironTech para desenvolver uma tecnologia de refino de metal de baixa emissão e alta pureza que pode ser aplicada ao zircônio, titânio e terras raras para ligas de ímã permanente.

Em um comunicado a imprensa, as empresas envolvidas na iniciativa disseram que a tecnologia visa substituir os processos convencionais de metalização com uso intensivo de energia por uma alternativa mais ecológica, sustentável e econômica.

"Estamos satisfeitos pela ASM e a tecnologia que estamos desenvolvendo em parceria com a ZironTech terem sido reconhecidas pelo governo coreano como essenciais em sua jornada para garantir o suprimento soberano de materiais críticos", disse David Woodall, diretor administrativo da Australian Strategic Materials.

"A tecnologia para produzir metais críticos agrega valor ao nosso projeto e é essencial para o crescimento dos novos setores de tecnologia e manufatura da Coréia e da Austrália, com o forte foco do governo no aumento da produção doméstica para garantir a estabilidade do fornecimento".

Woodall disse que a JV entre a ASM e a ZironTech está finalizando o comissionamento de sua instalação de planta piloto comercial para produzir esses metais de alta pureza em paralelo com o desenvolvimento do design da primeira planta de metal em escala comercial do mundo.

“Isso ajudará a atender à crescente demanda por uma nova fonte nos mercados nacional e global da gama de metais críticos de alta pureza e valor agregado da ASM - incluindo zircônio, metais com ímã de terras raras (praseodímio e neodímio), nióbio e háfnio” disse o executivo.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 Student Chapter / Society of Economic Geologists / USP